Oficina “Investigação de um Rito Pessoal”

Dias 31 de outubro, 1, 2 e 3 de novembro

de 19:00h às 22:00h

Centro Cultural Ensaio

Inscrições pelo email:

alvenariadeteatro@hotmail.com

Até dia 30/10:  R$20,00

após dia 30/10:  R$30,00

EMENTA

Esta oficina tem o objetivo de experimentar um tipo de criação teatral cujo mote seja a investigação sobre possíveis caminhos de acesso entre o indivíduo e seus processos mais íntimos, ampliando a percepção e os espaços psicofísicos para expressá-los através daquilo que designamos como Rito Pessoal. A investigação de um Rito Pessoal pressupõe que qualquer sujeito (ator ou não), uma vez engajado neste processo, possa estabelecer uma autonomia criativa em relação aos signos produzidos por seu corpo, gerando-os e gerindo-os em situação cênica.

O corpo como mediador entre os processos internos e a exterioridade expressiva permitirá ao atuante construir seu rito, através de uma espécie de dança que revele e ponha em relação imagens, memórias e subjetividades pessoais. Cada qual parte de referências pessoais – personagens literários, imagens, músicas, figuras históricas etc -, para desenvolver cenicamente sua própria história corporal. O corpo-pele-membrana como lugar de inscrição dos processos internos e como potencialidade expressiva e poética.

Importante ressaltar que não se trata de uma busca por um corpo virtuoso ou uma perfeita execução de partituras físicas, mas sim a apropriação da própria expressividade, da descoberta de ritmos/pulsos internos, tensões e texturas mais significativas em cada metabolismo, e a transformação disso em ação cênica. A busca aqui é por descobrir quais são as ações que, em cada corpo, mobilizam imagens e sentidos sugeridas pelas referências definidas por cada participante e que criam as bases concretas para a improvisação e a experimentação dessas imagens e desses sentidos em cada ato cênico. Isto é o que para nós define o conceito de Rito Pessoal, pois, se de um lado temos uma mitologia pessoal, delineada por gostos, afetos e memórias adquiridos ao decorrer de nossas vidas, por outro temos a possibilidade de trabalhá-los materialmente, inventando para si um corpo ético, um corpo engajado nas suas próprias reminiscências e consciente de seus processos simbólicos.

Como o nome já deixa entrever, propõe-se aqui uma INVESTIGAÇÃO, onde ministrantes e participantes estão em situação comum de disposição para trilhar seus caminhos, onde a troca entre corpos heterogêneos serve como portal para a presentificação de afetos e desejos, e onde ministrante e participantes criam juntos um espaço favorável às descobertas particulares.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s